Mas e como descobrir se um site é falso?

Agora você deve estar se perguntando: o que, de fato, é um site falso?

Todas as páginas que usam pishing para coletar dados dos usuários, ou seja, para aplicar algum tipo de golpe, são consideradas sites falsos.

E dá para descobrir se aquele portal oferece algum risco para mim?

Mesmo com o aumento das fraudes e da sagacidade dos cibercriminosos, ainda existem maneiras eficazes de como descobrir, mas vale lembrar que nenhum desses sozinho garante a autenticidade de um site:

Verifique a URL
Os cibercriminosos usam a mesma URL de sites oficiais, mas fazem pequenas mudanças que, na correria do dia a dia, nem sempre prestamos atenção.

Um www.amazom.com ou www.mercadolivri.com.br pode passar despercebido, e uma simples letra diferente te trará uma dor de cabeça daquelas. Por isso, inicialmente, confira se a URL está correta.

Cadeado
Quando você visualiza o cadeado fechado antes do https, quer dizer que todos os dados que você fornecer estão seguros por meio de criptografia.

Para isso, a maioria das empresas online utilizam o certificado SSL que, além do que citamos acima, também melhora o posicionamento nos sites de busca, já que proporciona uma navegação segura e em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Selos de Segurança
Os selos de segurança normalmente ficam no rodapé da página. Mas quais são eles? Certificado SSL, McAfee, Norton Secured e SiteLock são apenas alguns exemplos de certificados confiáveis e que estão entre os mais usados em sites no Brasil.

Ah, e não basta apenas ter um logo no site: você precisa clicar e ver se te direciona para o site do certificado indicado. Caso contrário, fuja que o site é falso.

Teste de confiança
“Olhei todas essas dicas acima na página em que estou navegando e, mesmo assim, estou em dúvida.”

Não tem problema!

Nesse caso, sugerimos que você use sites que ajudam a verificar se o portal é confiável ou não, como o Posso Confiar.

Detalhes fazem toda a diferença
É importante verificar algumas outras coisas que, apesar de simples, podem ajudar muito neste caso de descobrir se um site é falso, como:

a idade do site pelo Who ls;
se o site possui política de privacidade e de devolução;
se fornece dados para contato, como telefone e endereço.

Além disso, faça uma simples pesquisa em sites de busca, como o Google, que destacam os principais sites com base na reputação – nesse caso, se o site for falso, é capaz de nem aparecer nessa lista.

É necessário checar se o site não é falso antes de fazer qualquer tipo de ação. No caso de compras, por exemplo, se o cibercriminoso conseguir os seus dados, como o número de cartão de crédito e do CPF – tenha certeza de que precisará enfrentar uma burocracia para provar que não foi você que pegou empréstimos, realizou outras compras, e por aí vai.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Posts Recentes

×